segunda-feira, 12 de julho de 2010

IDENTIDADE HUMANA FRANCISCANA - XIII

Em ritmo crescente, a pessoa desabrocha e vai se plenificando na infância, na juventude, na idade adulta e na velhice, perfazendo o ciclo de sua vida. Esta vida, assume sentido conforme os valores que a conduzem e impregnam. O franciscanismo traz valores para impregnar a vida.
Nem sempre nossa vida é perfeita, como gostaríamos, dentro da contingência do mundo. Temos nossas limitações, nossas fraquezas, nossos condicionamentos. Crescemos em bem-estar material, mas nem sempre crescemos em inteligência e vontade, em afetividade e liberdade. A nossa inteligência se acomoda na net; a nossa vontade nas vitrines; e a nossa vontade é uma cópia de vontades que, como repetitivos pps, inundam a nossa opinião. Somos rápidos para consumir e lentos para buscar o bem. Somos condicionados por fatores de herança familiar, ambiental e cultural. O franciscanismo não nega tudo isto, mas evidencia um caminho de intuição, de experiência vivencial mais livre, capaz de grandes opções.

Continua amanhã

2 comentários:

Luan disse...

Ola! gostaria de saber o e-mail da sav,por favor evie-me
obrigado Luan

Anônimo disse...

Luan,
Paz e bem!
O email é sav@franciscanos.org.br
Abraço
Frei Vitório