Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - FINAL

O JEITO DE IR E VOLTAR DE FRANCISCO ESTÁ NO SILÊNCIO DO MISTÉRIO DE DEUS 


O sultão Al-Malik Al-Khamil não queria a batalha de Damieta. Estava disposto a restituir o reino de Jerusalém, com exceção da Transjordânia. Propôs uma longa trégua de 30 anos. Pelagio Galván, o legado papal e as Ordens Militares não aceitaram argumentando que a Transjordânia era um lugar estratégico para a segurança do reino de Jerusalém. Mesmo assim, o Sultão do Egito fez uma outra proposta: desejava conservar as fortalezas do território para assegurar a passagem das caravanas vindas da Arábia e do Egito, e queria em aluguel dois castelos, de Kerak e Shawbak, garantindo um pagamento anual de quinze mil bizantes de ouro.

Jean de Brienne e os reis Franceses tinham a ideia de aceitar, mas o cardeal Pelagio, que ambicionava a conquista de todo Egito, e nem as Ordens Militares, por motivos estratégicos, não aceitaram. Confiavam na batalha, na vitória e nos saques. A batalha de Damieta foi terrível em setembro de 12…

Últimas postagens

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 11

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 10

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 9

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 8

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 7

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 6

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 5

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 4

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 3

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 2

FRANCISCO DE ASSIS E O SULTÃO - 1

FRANCISCO DE ASSIS, PENITENTE ENTRE OS PENITENTES - Final

RAÍZES DE UM MOVIMENTO PENITENCIAL - 12

DIA DAS MÃES