Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Raízes de um Movimento Penitencial - 1ª parte

Diz a Legenda dos Três Companheiros: “Todos aqueles que os viam se admiravam muitíssimo, pelo fato que, no hábito e na vida, eram diferentes de todos e pareciam quase homens selvagens. Onde quer que eles entrassem, a saber cidade ou aldeia, vila ou casa, anunciavam a paz, animando a todos para que temessem e amassem o criador do céu e da terra e observassem os seus mandamentos. Alguns os ouviam de bom grado, outros, pelo contrário, zombavam deles; quase todos os fatigavam com perguntas, dizendo alguns: “De onde sois?”; outros perguntavam qual era a Ordem deles. Embora lhes fosse trabalhoso responder a tantas perguntas, eles, no entanto, lhes confessavam com simplicidade que eram homens penitentes oriundos da cidade de Assis” (3Comp 37, 4-8).

A identidade franciscana é uma identidade penitencial. Todos podemos dizer como os primeiros frades: somos penitentes e viemos de Assis! O Movimento Penitencial inspirou os passos de Francisco de Assis e seus Companheiros primitivos. Penitência n…

Últimas postagens

Palavra da Hora | Viver franciscanamente

Palavra da Hora | Vai e reconstrói a minha casa

Palavra da Hora Sentido simbólico e sacramental

Palavra da Hora | Pregar uma democracia ecológica

Palavra da Hora | A consciência da 'Casa Comum'

Palavra da Hora | Ser guardiões do 'habitat'

Palavra da Hora | Dar tempo ao natural

Palavra da Hora | Creio, logo Ele existe

Palavra da Hora | Creio para conhecer

Palavra da Hora | Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida

Palavra da Hora | Senhor, quem sois vós, quem sou eu?

Palavra da Hora | A ecologia de Francisco: perceber o Criador

Palavra da Hora | Pascal na filosofia franciscana

Palavra da Hora | Filosofia e espiritualidade