sexta-feira, 9 de julho de 2010

IDENTIDADE HUMANA FRANCISCANA - XII

Não duvidamos que todo ser humano busque a perfeição (do latim “per+facere” = por fazer-se, trabalhar-se, dar um acabamento melhor a si mesmo). A mística chama de Via da Perfeição, isto é, o caminho em busca da realização, da felicidade, a contínua diminuição dos problemas da vida. Se existe uma convocação na vida é o chamado para ser feliz, uma felicidade plena. O humano é chamado ao amor, à verdade e ao bem. O lema do movimento franciscano, PAZ e BEM, quer expressar esta convocação. Cada pessoa, desde o berço da sua infância até a passagem para o eterno, é convidada a ultrapassar-se. Superar entraves é um fascinante sentido, um modo de existir no mundo (cfr. A “Perfeita Alegria”). Toda a questão é saber se estamos atentos a isto ou estamos mais seduzidos pela perfeição das coisas, por exemplo: celulares, notebook, carros, eletrodomésticos, Ipod, subwoofer, webcam, blackberry, etc... mas onde fica a perfeição do humano? Onde fica o sentido fascinante de existir no mundo. O jeito franciscano é um modo simples e fascinante de existir no mundo.
Continua na segunda-feira

Nenhum comentário: