quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A ESPIRITUALIDADE PRESENTE NO CUIDADO DA SAÚDE - 4



2. DEIXAR-SE CONDUZIR PELAS FORÇAS INTERIORES

1. O EMOCIONAL: São as nossas Emoções Luminosas: amor, alegria, realização (favor não confundir com sucesso), felicidade, esperança, fé, ânimo, entusiasmo... e tudo o que quisermos acrescentar nesta lista...

Temos que trabalhar as nossas emoções luminosas para que não sejamos tomados pelas polaridades da vida, pelas contrariedades, pelas Emoções Sombrias: tristeza, angústia, infelicidade, ansiedade, desmotivação, desânimo, impaciência, depressão, a carga de negatividade...e tudo que não podemos acrescentar e que temos de erradicar desta lista...

Não podemos deixar apagar ou decair as Emoções Luminosas, porque elas são as nossas positividades. Hoje há o cultivo do trágico, do sombrio, do negativo. Temos que fazer frente a isso com as nossas melhores emoções. Cada emoção aparecendo num segundo tem que vir para sempre. Não podemos deixar cair a Inspiração da Primeira Hora! É preciso ter o hábito de sentir emoções harmoniosas.

2. O SENTIMENTAL: São as Emoções Luminosas colocadas em comum. Sentimento é diferente da emoção apenas num detalhe:  são as minhas emoções que eu dou para alguém, para o sagrado, para o “eu mesmo”, para um projeto, para uma profissão. É o mandato judaico cristão: “Amar a Deus, ao Próximo, e a Si Mesmo, com toda Alma, com todo Ser, com todo Entendimento”. O Sentimento é a Emoção luminosa que eu ofereço para alguém ou para  uma causa.

3. O  MENTAL : A razão, o intelecto, o ensinamento, o pensamento, o aprendizado, o discipulado. Tudo isso deve levar à compreensão da Existência e instaurar a Consciência , e a consciência leva ao Discernimento: a Purificação da Escolha, isto é, escolher sempre o Melhor e não o banal, o medíocre, o insignificante.

4. O CORPORAL:  É o Físico! O Corpo Ativo e Instintivo. Cuidar do corpo físico, ativo e instintivo. É o equilíbrio da atividade física. Cuidar da Saúde! Saúde não é contrário de patologias, saúde não é cuidar de doenças, mas sim fazer o que o Coração e o Corpo pedem. Saúde é escutar mais o Coração e o Corpo. Dormir bem, comer bem, cuidar do lazer, do descanso, equilibrar as horas de trabalho, não é receituário...é purificar a escolha pela Vida. É o equilíbrio emocional e biológico.

 5. SEXUAL:  Não misturar sexualidade com genitalidade. O sexual aqui são as energias luminosas do Amor, do Afeto, da Libido, da Masculinidade, da Feminilidade, da Corporeidade e da Sexualidade. Não jogar estas energias fora, de qualquer jeito, com qualquer pessoa, em qualquer situação. A verdadeira sexualidade é ser Fonte de Alegria e Prazer, é a capacidade de ter prazer na vida, de ter prazer em cada inspiração. É a energia básica do sentir-se bem. É preciso sentir o estado sexual, isto é, uma transparente capacidade de Amar. Todos querem ser amados...mas preste atenção a quem você vai dividir a força de sua energia de Amor. Espalhe estas energias em tudo o que você faz! Não deixe que nenhuma religião condene seu afeto, porque condenar o afeto é reprimir o Amor.

6. O ESPIRITUAL: É cuidar do Espírito! O Espírito também precisa de aperfeiçoamento. É cuidar do nosso centro, do nosso eixo. É despertar, em cada momento, as forças espirituais que estão em nós. É ter um Deus dentro! A força espiritual une harmoniosamente estas seis forças. Não se pode separar o que Deus uniu! É o tema desta reflexão!

Continua

Nenhum comentário: