segunda-feira, 14 de setembro de 2009

VIRTUDES A PARTIR
DA ESPIRITUALIDADE FRANCISCANA - V

Mudar conceitos para mudar a nossa maneira de ver as coisas


SENSIBILIDADE: É o “sprit de finesse”, isto é, o espírito de plena atenção e cuidado. Colocar todos os sentidos para perceber a vida. Não deixar nada passar despercebido. Afinar o espírito para ver, sentir e exercitar a atenção. O franciscanismo nos ajuda a criar uma estética da sensibilidade, isto é, ter gestos de leveza, delicadeza, sutileza nas atitudes e relações.

SERVIÇAL (a Vassalidade): É servir por Amor. Não é qualquer atividade feita simplesmente por fazer, mas é contribuir com o Criador e seus atos de Cuidado pela vida. É uma ação bem produtiva, bem atenta às necessidades dos outros. Não é uma ação que se faz visando o lucro; mas é estar gratuitamente voltado(a) para as pessoas e para a vida. Não fazer simplesmente por dinheiro, mas por uma causa nobre. Para Francisco de Assis, isto o moveu a servir leprosos, trabalhar com camponeses. Para ele o serviço faz parte da conversão. O estar junto com determina o lugar social que se quer abraçar e morar. Toda a ação que você faz está na dependência de servir. Você é servo e se faz naturalmente servo. A sua autonomia, liberdade e realização está em servir o Maior. É um modo concreto de viver a Minoridade.

CORTESIA: Maneira como o outro(a) deve ser amado(a) verdadeiramente. Um relacionamento de respeito, retidão e sinceridade. É a acolher o outro(a) na sua grandeza. É colocar a pessoa num acolhimento de bondade, num clima de bondade para que se sinta boa. Deixar transparecer uma serenidade existencial. Um tratamento seguro e amável que eleva a pessoa. É o cuidado com as palavras. Uma palavra dita de um modo sereno e humano motiva e recupera o humano. A cortesia reluz através de gestos de fraternidade, mansidão, gentileza, paciência, afabilidade e serenidade. Ser cortês é um modo de comportar-se diante do ser humano; às vezes é a forma de enfrentar o lado sombrio do ser humano, sabendo tratar o outro(a) nas suas diferenças.

Continua amanhã

Um comentário:

Anônimo disse...

Lindo, cortês, generoso, gratuito, constante, simples, humilde, algo inocente porque puro, sincero, fraterno. Como seria bom se os homens se deixassem moldar pelo Amor Franciscano como o fazem as crianças em sua pureza e inocência. Paz e Bem sempre e, mais uma vez, Frei, obrigado pela "homenagem".
Seus amigos Alessandro, Maira e Otávio (cada vez mais lindo, não é?)