sexta-feira, 11 de setembro de 2009

VIRTUDES A PARTIR
DA ESPIRITUALIDADE FRANCISCANA - IV

Mudar conceitos para mudar a nossa maneira de ver as coisas

PERSEVERANÇA: É a tenacidade dos que não desistem nunca. É manter o ritmo da persistência na busca para atingir uma meta. Não entregar-se jamais. O heroísmo é feito da persistência daqueles que não param à beira do caminho. É permanecer no sonho. Somente os que acreditam nos sonhos é que chegam à vitória.

FIDELIDADE: É servir a um valor maior. É fiel porque acredita na grandeza da escolha. Quem se entrega a algo muito grande não tem dificuldade em ser fiel.

LEALDADE: É aquele que não se afasta do que realmente vale a pena. É a virtude que traz o companheirismo, dos que caminham juntos na mesma causa.

OBEDIÊNCIA: Vem do latim medieval: ob + audire. Ob significa abertura, acolhida do espírito, abrir todos os sentidos. Audire é auscultar, isto é, ouvir o que vem de dentro. Escutar um Valor Maior. Quem escuta a plenitude dos sentidos não tem dificuldade em obedecer. Obediência, portanto, é escutar uma grande convocação, uma grande inspiração.

JUSTIÇA: É a virtude que induz a cumprir o que é devido como exigência de ordem e harmonia. É fazer conscientemente o dever, o cumprimento, é retidão. É a disposição permanente e dinâmica ao bem-valor. É uma retidão em consonância com a verdade.

Continua na segunda

Um comentário:

Márcio Omena Filho disse...

Obrigado pelas palavras. Paz e bem!