quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Reconstruir a casa!


O tempo não pode ser datado com precisão, mas talvez seja durante o ano de 1205 que Francisco escutou a fala de uma inspiração: "Francisco, vai e restaura minha casa que, como vês, está toda em ruínas" (2Cel 10,4). Ruína é aquilo que perdeu o cuidado, a vitalidade, a história, o sentido. Francisco vive num momento onde o humano, a eclesiologia, a sociedade, os valores estão em ruínas. Escuta uma convocação, arregaça as mangas, e vai cuidar de si mesmo, do leproso, da fraternidade. Daí sai para dentro da estrutura eclesial, para a sociedade medieval, e para a reconstrução dos valores. A casa é a moradia do ser e do cosmo. O que está dentro e o que está fora tem que ser restaurado. Quem cuida bem da sua interioridade, cuida do humano e do mundo.
"Folhinha do Sagrado Coração de Jesus" , setembro de 2009

Um comentário:

Ir. Marilene disse...

olá Frei ...

Paz e Bem!

quero parabenizá-lo pela sua fala na jornada ... como sempre palavras sabias que nos questionamm e nos fazem refletir sobre o nosso Carisma e nossa vocação... que Deus continue te abençando e iluminando...
abraços