quinta-feira, 28 de junho de 2007

A CONTEMPLAÇÃO DA NATUREZA




(O mundo como ícone de Deus)

Nestas páginas, queremos sintetizar o pensamento da Espiritualidade Oriental Antiga sobre a natureza e, assim, ver o mundo, como um sacramento a ser contemplado.

Seria uma ousadia chamar os Santos Padres de ecologistas, pois eles não fazem uma admiração estética da natureza, mas querem mostrar uma outra realidade mais profunda que os inspira: o mundo tem que ser o lugar da constante recordação de Deus e esta afirmação é uma categoria mística essencial. São Basílio Magno dizia que “o criado é impregnado de Beleza”, um imenso ícone da Beleza de Deus, e a natureza é sinal desta realidade, desta percepção profunda.

Amanhã, a primeira parte deste artigo.

Nenhum comentário: