segunda-feira, 19 de maio de 2008

A RESPEITO DAS APARIÇÕES


Além das aparições aceitas de Lourdes e de Fátima, volta e meia o assunto volta a ser notícia: mais uma revelação localizada da Mãe de Deus! As atenções se voltam para o local ou para o vidente; uma mistura de fé e sensacionalismo cercando o fato. Porém temos que ficar atentos ao significado, conteúdo, tempo e lugar onde se dá a aparição. A mãe de Deus não é um dado abstrato e atemporal. Ela sempre indica caminho, doutrina; direciona mensagens e preces que vão se encarnando e suscitam um confronto entre razão e fé. Uma crença sem racionalidade não cresce de modo equilibrado; uma racionalidade sem o dom da fé é estéril; sem esta harmonia tudo pode ser superstição ou fanatismo.

Nenhum comentário: