sábado, 31 de maio de 2008

HISTÓRIA DE FOLHINHA


Entre os anos de 1962 e 1964 pude conviver com um bom e santo frade franciscano que fazia a seu modo a Pastoral da Visitação. Ele acreditava que a bênção tinha que ser dada nas famílias; que a Palavra de Deus tinha que adentrar as portas das casas: ser anunciada, ouvida, lida. Ele tinha convicção que Deus estava ali, inteiro em cada pedaço. Incansável, o humilde frade percorria ruas, subia morros, vencia distâncias na região de Campo Limpo Paulista, fazendo o que ele chamava: a pastoral da boa-imprensa. Vendia de porta em porta a Folhinha do Sagrado Coração de Jesus. Só ajudava o simples frade a carregar os pacotes e distribuir o seu sonho. Um dia resolvi seguir o frade; entrei para a Ordem Franciscana; e hoje escrevo para milhares de pessoas que acreditaram no sonho de Frei Dagoberto Romag.


Imagem do Sagrado Coração na Estampa da Folhinha de 1959.

Um comentário:

Jeveaux disse...

Estimado Frei Vitório,
Paz e bem!
Eu, logo na entrada do Ano Novo providencio de imediato a
FOLHINHA do Sagrado Coração de Jesus.
Obrigada pelo Post!