terça-feira, 29 de abril de 2008

O TAU E A BÊNÇÃO


Francisco se apropriou da bênção deuteronômica, a transcreveu com o próprio punho e deu a Frei Leão: “Que o Senhor te abençoe e te guarde. Que o Senhor mostre a tua face e se compadeça de ti. Que o Senhor volva o teu rosto para ti e te dê a paz. Irmão Leão; o Senhor te abençoe!” Sob o texto da bênção, o próprio Frei Leão fez a seguinte anotação: “São Francisco escreveu esta bênção para mim, irmão Leão, com seu próprio punho e letra, e do mesmo modo fez a letra TAU como base”. Assim, Francisco, num profundo momento de comunicação divina, com delicadeza paternal e maternal, abençoa seu filho, irmão, amigo e confidente. Abençoar é marcar com a presença, é transmitir energias que vêm da profundidade da vida. O Senhor te abençoe!

3 comentários:

Prosa & Verso disse...

Frei Vitório, fui noviço franciscano em 1972, oriundo de Guaratinguetá(Sevoa), da turma do frei Tarcísio Schuch, do monsenhor Ulrich Steiner e outros...Não sei se o senhor vai lembrar de mim.
Ainda hoje sou admirador de São Francisco de Assis, meu padroeiro.
Escrevo poemas e crônicas e sou agente de pastoral da Pastoral Antialcoólica. Parabéns pelas suas postagens. Por favor, entre no meu blog e responda esta correspondência.
http://prosaeversoblogspotcom.blogspot.com ou e-mail:osni.poet@gmail.com.Boa Noite e obrigado!

Comunidade Jovem Francisco & Clara disse...

Caro Frei Vitório... cheguei por acaso a este blog.... gostei muito, irei lincá-lo no blog de nossa Comunidade Jovem...


Um grande abraço!

Comunidade Jovem Francisco e Clara

Prosa & Verso disse...

Agradeço aos jovens da Comunidade Jovem Francisco & Clara pela citação do meu comentário anterior
(01 de maio). O Frei Vitório ainda não respondeu se lembra de mim do tempo de noviciado...