sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Francisco de Assis na história medieval

Muitas pessoas desconhecessem a Idade Média; outras pensam conhecer e emitem opiniões sem fundamentos, outras manifestam um grande interesse. O fato é que a Idade Média influencia as épocas da história com uma vitalidade invejável. Indico para quem se interessa um bom livro, uma bela síntese histórica, para a compreensão do período medieval: O Cristianismo na Idade Média, de Danilo Mondoni, SJ, Edições Loyola, 2014. O autor diz que “sem a visão negativista do iluminismo - época das trevas – nem a exaltação unilateral do romantismo – a civilização cristã – esta obra tem por objetivo descrever e compreender os encadeamentos históricos que delinearam e caracterizaram a cristandade medieval, apresentando uma visão de conjunto de seu desenvolvimento, desde a fase inicial, caracterizada pela missão anglo-saxã e pela relação entre a Igreja e o reino dos francos, passando pelo ressurgimento da vida urbana no Ocidente e pela pretensão pontifícia de supremacia política e espiritual sobre a Europa, até as discrepâncias entre as exigências da Igreja e um mundo já em mudança, tentativas de reforma eclesial e formação de Igrejas nacionais, questionamento do princípio hierocrático pelo princípio da soberania do povo e pela teoria conciliar, secundados pelo humanismo e pela Renascença”.

Mas gostaria de citar o que diz a obra em referência a São Francisco de Assis, mostrando que a vida de Francisco significou uma reação religiosa contra os perigos e males da cultura urbana: a primazia do humano sobre o institucional, o desprezo das riquezas que coisificam o ser humano, o valor do simples e natural em face do artificialismo das necessidades de consumo, o despojamento de todo prestígio e toda hipocrisia para se voltar à verdade original, o amor à pobreza como fonte de liberdade interior, o amor a todo ser vivo e a paz entendida como amor positivo e universal a todos os irmãos e irmãs. Foi um louvor ao Senhor mediante suas criaturas – estas não são somente símbolos, mas realidades vivas, filhas de Deus. Francisco foi uma das pessoas mais abertas às alegrias da vida: cantou e exaltou todas as criaturas como transparência da glória e do amor de Deus.

Francisco de Assis é um dos santos mais amados, admirados, estudados e pesquisados. Escrevem-se muitas obras: livros, teses, ensaios, artigos, teatro, musicais, filmes e poemas sobre ele.  Muita gente pede indicações de livros sobre Francisco de Assis, por isso, farei uma série de indicações de obras referenciais sobre Francisco de Assis e seu movimento de amor evangélico que se transformou em três Ordens e todas as suas ramificações. Ele sempre será uma fonte de inspiração. E como dizia uma máxima acadêmica medieval: é preciso conhecer melhor, para amar mais.

FREI VITÓRIO MAZZUCO

Nenhum comentário: