quarta-feira, 9 de setembro de 2015

O ESPÍRITO SANTO É O MINISTRO GERAL DA ORDEM


O último texto ou post conclama à obediência mútua entre superiores e súditos. Obedecer em tudo, menos aquilo que vai contra a sua consciência e a Regra. Como diz no Testamento, os superiores são seus senhores em cujas mãos se entrega. Quando os irmãos não puderem observar a Regra espiritualmente, que sejam acolhidos fortemente por seus superiores, que transformem estes irmãos enfraquecidos no espírito, como seus superiores.

O importante é que a obediência esteja em todos, e todos devem obedecer em primeiro lugar o Espírito Santo, que segundo São Francisco de Assis, é o Ministro Geral da Ordem. O Espírito Santo age santificando, faz na santidade, traz a qualidade de Espírito em todas as ações, transforma o fazer a oração em fruto divino, como diz a Regra Bulada : "Aqueles irmãos aos quais o Senhor deu a graça de trabalhar trabalhem fiel e devotamente, de modo que, afastado o ócio que é inimigo da alma, não extingam o espírito da santa oração e devoção, ao qual devem servir as demais coisas temporais"(Rb 5, 2-3).

O Espírito faz orar com o coração puro, em espírito e verdade. O Espírito fecunda o trabalho, a pregação e o estudo. Tudo o que é animado pelo Espírito é um serviço com espírito e é um serviço ao Espírito; o Espírito traz a consolidação e o favorecimento. Toda a obra do Espírito é obra da graça. O Espírito santifica as virtudes: humildade, paciência, minoridade e perseverança.

Continua

Nenhum comentário: