quarta-feira, 9 de abril de 2014

ESPIRITUALIDADE E SAÚDE

Algumas ideias para a reflexão

Há uma busca, na contemporaneidade, do tríplice sentido de ciência, crença e saúde. É um interesse existencial que une o viver saudável, o conhecimento científico e o mergulho no mundo do transcendente. Há pesquisas que provam e comprovam que o cultivo da fé, o caminho espiritual, a participação em uma comunidade fazem bem a saúde e ajudam as pessoas a viverem com mais sentido, a viverem mais tempo. Fé é um fator de saúde!

O conceito atual de espiritualidade está mais desvinculado de uma religião e podemos dizer que “espiritualidade é a busca de sentidos, uma ligação com uma força interna e externa que envolve a convicção de que se está realizando um papel e um propósito inalienáveis numa vida que é um dom, uma vida que traz a responsabilidade de realizar o pleno potencial que se tem como ser humano. É ser capaz de alcançar um sentido de paz, alegria, realização e transcendência por meio do vínculo com Algo maior que o próprio eu”. ( William Breitbart, psiquiatra)

Espiritualidade é uma construção de fé e sentidos. Vejamos a formulação de Victor Frankl que assim esquematiza a conscientização da dimensão espiritual dentro da experiência humana:

1. Sentido da Vida: A vida é um dom e tem sentido e estes sentidos nunca se esgotam, mesmo no último momento. Os sentidos podem sofrer alterações, mas  nunca desaparecem.

2. Vontade de Sentido: O desejo de descobrir sentido na existência humana.

3. Liberdade da Vontade: Ter a liberdade de descobrir sentido na existência e escolher uma atitude diante dos limites e do sofrimento.

4. O Sentido na Vida: preencher a vida de criatividade, experiência e atitude

Continua

Nenhum comentário: