quinta-feira, 11 de abril de 2013

Algumas ideias sobre a Teologia Franciscana - IX

Imagem de Giustina de Toni

O estudo está em função da pregação. Os frades que não vão pregar não necessitam dedicar-se aos estudos. O estudo pelo estudo não faz sentido. Ser um bom frade é mais do que ser um estudioso:

“Admoesto e exorto que os irmãos se acautelem de toda soberba, vanglória, inveja, avareza, cuidado e solicitude deste mundo, detração e murmuração; e os que não sabem ler não se preocupem em aprender; mas atendam a que, acima de tudo, devem desejar possuir o Espírito do Senhor e o seu santo modo de operar, rezar sempre a ele com o coração puro e ter a humildade e paciência na perseguição e na enfermidade e amar aqueles que nos perseguem, repreendem e censuram(...) (RB 10).

IDÉIAS PRESENTES NO MANUAL DE TEOLOGIA FRANCISCANA:

- O patrimônio doutrinal e cultural de uma escola serve na medida em que continua alimentando o pensamento das diversas gerações e é capaz de oferecer uma cosmovisão válida para cada época.

- Um pensamento criador articulado, quando é original, tem a força de estimular a continuar criando, não só demonstra seu vigor, mas também sua capacidade de sugerir que se avance pelos rumos de um mesmo horizonte espiritual.

- Todo grande pensamento fecundo é explícito no que afirma e no que evoca.

Continua

Nenhum comentário: