segunda-feira, 17 de agosto de 2015

DISCÍPULOS E APÓSTOLOS



Jesus não tinha servos, mas amigos. Aos amigos ensinou a ser discípulos e apóstolos. Segredou grandes ensinamentos que os levou a grandes práticas. Francisco viu virtudes nos amigos e disse que a soma de virtudes dos amigos identificava o frade perfeito (Cfr. Espelho da Perfeição, 85). Amigo para Francisco é fonte de todo bem, de toda palavra boa. Do Espírito do Senhor é que os amigos bebem no mesmo manancial, na fonte do amor mútuo, terno, paterno e materno. Amigo converte em vida a palavra. Amigo tem aquele jeito de ser pobre em muitas partilhas. É o terreno fértil da minoridade, onde aprendeu a florir irmandade vivificada, livre de egoísmo, que se reparte aos outros e a toda criação. O amigo não conhece o espírito da carne que é o egoísmo, mas sim o dom da pertença que é a fraternidade.

Continua

Nenhum comentário: