quinta-feira, 15 de março de 2018

REFLEXÕES SOBRE A DIMENSÃO POLÍTICA DO FRANCISCANISMO - 1



"Somos do Evangelho da Libertação!" 


As pessoas que interagem comigo nas mídias, de certa forma cobram uma palavra minha sobre a situação política que estamos vivendo. Não alimento o Facebook com opiniões sobre isso, porque considero o Facebook uma feira-livre onde se expõe de tudo e nem sempre com raízes reflexivas bem fundamentadas. É uma exposição de posts sem critérios, embora haja exceções, e ali também apareçam publicações precisas. Normalmente, partilho ali textos do meu blog: www.carismafranciscano.org.br, blog este que tem a finalidade de mostrar o olhar franciscano sobre temas necessários.  Mas aqui vou, então, manifestar o que penso, sob o filtro da inspiração franciscana, numa longa série de textos reflexivos.

O jeito da Minoridade vivida por tantos da Família Franciscana é renascer em cada lugar fiel a origem das três Ordens e suas frutuosas Ramificações. O jeito da Minoridade é ser menor e periférica. Muitos que me conhecem ou convivem comigo afirmam categoricamente ou perguntam: “Os frades são Teologia da Libertação? Ou dizem: “Todo frade, inclusive você, são TL”. Respondo sempre que, por inspiração divina e pela concretude de vida do nosso Fundador, São Francisco de Assis, somos do Evangelho da Libertação!

Então, o rótulo de TL, não soa para mim como uma pitada de ranço ideológico, mas sim como um elogio, uma honra e, um reconhecimento de oito séculos de tradição, prática e profecia. É orgulho e responsabilidade ser um “TL” por causa do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Por Vida e Regra o Evangelho da Libertação é o nosso ponto de partida. Todo Evangelho é a máxima transparência da prática libertadora de Jesus Cristo.

Nossa Ordem tem um caráter espiritual e social; e no cerne deste caráter pulsa uma fonte mística que motiva nossas práticas. Começo, antes de qualquer análise, a partir da mística e da espiritualidade própria do Carisma.

CONTINUA

FREI VITORIO MAZZUCO

Nenhum comentário: