quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

ANO DA VIDA RELIGIOSA CONSAGRADA - Alguns Apontamentos - III



16. O Carisma da Vida Religiosa Consagrada nasce sempre da base e não da hierarquia. A Vida Religiosa Consagrada nasce diretamente dos fiéis. A ação do Espírito insuflando carismas vem antes da reflexão teológica e mesmo antes do Direito Canônico. A Vida Religiosa Consagrada é gratuita, é garantida por Deus e não pelo Código de Direito Canônico, por Regras, Constituições ou Estatutos.

17. A Vida Religiosa Consagrada não é uma forma de associação na Igreja, mas faz parte da estrutura essencial da Igreja. Colabora com a santidade da Igreja e do mundo. É servir a Igreja de acordo com a Identidade própria do Carisma específico. São Francisco colocou a sua Vida Religiosa no mundo.

18. Falar de Vida Consagrada é um tanto equívoco. Só existe uma consagração: o Batismo. A Vida Religiosa Consagrada não comporta teologicamente uma nova consagração, mas sim uma reafirmação da consagração batismal.

19. A Vida Religiosa Consagrada é um dos fenômenos maiores entre os fenômenos religiosos da humanidade. É um nível elevado, mas não significa que tem o monopólio da qualidade cristã. Faz parte da dimensão religiosa do humano.

20. A Vida Religiosa Consagrada tem que ser um motivo forte e religioso para existir no mundo (essência). É um modo sistemático de Vida Comum, de Regra e Constituições, de governo, de formação, de disciplina (forma). É uma reencantar os verdadeiros valores do Evangelho redimensionando assim todos os aspectos da vida na sua dimensão espiritual, antropológica, sociológica, psicológica e das relações humanas  (caráter).

Imagem: "São Francisco e São Domingos", Benlliure

Continua

Nenhum comentário: