quarta-feira, 7 de março de 2012

A propósito do Jubileu de Santa Clara - VII

“Pois o próprio Senhor nos colocou não só como modelo, exemplo e espelho para os outros, mas também para nossas irmãs, que ele vai chamar para a nossa vocação, para que elas também sejam espelho e exemplo para os que vivem no mundo. Portanto, se o Senhor nos chamou a coisas tão elevadas que em nós possam espelhar-se as que deverão ser exemplo e espelho para os outros (...). Se vivermos de acordo com essa forma, daremos aos outros um nobre exemplo e vamos conquistar o prêmio da bem aventurança “

 “(...) Repetidas vezes fizemos nossa entrega voluntária à nossa santíssima Senhora Pobreza, para que, depois de minha morte, as Irmãs que estão e as que vierem não possam de maneira alguma afastar-se dela(...).  Por isso, de joelhos dobrados e prostrada de corpo e alma, recomendo todas as minhas Irmãs atuais e futuras à santa mãe Igreja, ao sumo pontífice e principalmente ao senhor cardeal que for encarregado da Ordem dos Frades Menores e de nós, para que, por amor daquele Deus que pobre foi posto no presépio, viveu pobre no mundo e ficou nu no patíbulo, faça com que sempre o seu pequeno rebanho, que o Senhor Pai gerou em sua Igreja pela palavra e exemplo do nosso bem aventurado pai São Francisco para seguir a pobreza e a humildade do seu Filho dileto e da Virgem sua gloriosa Mãe, observe a santa pobreza que prometemos a Deus e a nosso bem aventurado pai Francisco e nela se digne encorajá-las e conservá-las”

 “ No Senhor Jesus Cristo, aconselho e admoesto a todas as minhas Irmãs, presentes e futuras, que sempre se empenhem em seguir o caminho da santa simplicidade, da humildade, da pobreza e também uma vida honesta e santa, como aprendemos de Cristo e de nosso bem aventurado pai Francisco desde o início da nossa conversão. Foi dessas coisas que, não por nossos méritos, mas só por misericórdia e graça de quem o deu, o Pai das misericórdias, se espalhou o perfume da boa reputação, tanto para os de longe como para os de perto. E amando-vos umas  às outras com caridade de Cristo, demonstrai por fora, por meio das boas obras, o amor que tendes dentro(...)”

Nenhum comentário: