terça-feira, 25 de maio de 2010

A 329ª TREZENA E FESTA DE SANTO ANTÔNIO do Convento de Santo Antônio - RJ

São mais de três séculos da maravilhosa Trezena e Festa de Santo Antônio no Largo da Carioca! É o ritual, o louvor e graça, Deus e seu Santo, a alegria e a festa, a piedade, sinais, cantos, pregações, bênção, muitas bênção! O rito é a repetição do mesmo, mas não é rotina. O rito diz as mesmas palavras que contem a verdade do Mistério de Deus na vida; de tanto dizer e repetir, um dia há o encontro com esta verdade. Há pessoas que buscam e sentem isto no dia-a-dia; há pessoas que precisam de tríduos, novenas, dozenas e trezenas para organizarem o seu modo de orar e amar. Não é o tempo cronológico, nem a quantidade de dias, mas sim o tempo oportuno da Graça.

O eu humano mergulha no tu divino pela intercessão de Santo Antônio. O povo vem, faz a promessa de não perder nenhum dia, dá o seu passo! Na espiritualidade tudo começa por um passo; é a mística do santuário. É preciso ir lá para buscar e encontrar. “Onde está o teu tesouro aí está o teu coração”(Mt 6,21). Santo Agostinho diz: “Conservai antes de tudo o Amor a Deus, para que, como Deus é eterno, também vós vivais eternamente, já que cada um é como seu Amor”. O povo vem para a Trezena buscando a Palavra, a Prece e a Bênção. Povo de Deus, povo de louvor e da bênção, seres divinizados. O povo sobe o morro do Convento buscando um lugar sagrado. Quanto mais alto sobe, mais alta é a sua fé, a sua energia, o seu amor e mais alto é o ensinamento que é oferecido. Por isso, na Trezena há Pregadores e Pregação que vão animar o povo a bendizer, isto é, dizer bem os inúmeros benefícios; transmitir a Palavra e a Vida que vem de Deus; mostrar que a família verdadeira é aquela que nos ajuda a atingir o espiritual e uma melhor compreensão de mundo e de todos os detalhes da existência. A Trezena é uma viagem de transformação.

O povo vem para a Trezena e para a Festa e aqui encontra seus objetos sagrados, a comida, a bebida, as celebrações, a confissão, a relíquia, a comunhão eucarística, a alegria e o agito da multidão em festa. O humano religioso é assim: desprendido, natural, feliz, confiante e perseverante. Sabe que o amor é identificação e aproximação. O que falta nas religiões é trabalhar bem o afeto, e nisto Santo Antônio é um grande mestre. Ele é o intercessor de orações e bênçãos. Orar é enviar bênção a todos. Abençoar é criar um antídoto contra a negatividade. E Santo Antônio acolhe a todos na positividade da Graça! Venham para a Trezena e para a Festa, acendam as velas! Se há uma luz acesa em sua vida e em sua casa, a escuridão não poderá entrar! Que a sagrada ternura de Santo Antônio nos ilumine! Boa Festa de Santo Antônio a todos!

Nenhum comentário: