segunda-feira, 24 de março de 2008

A Paz do Ressuscitado


Coisa linda a saudação do Ressuscitado! Ele vem não com um simples cumprimento, mas tem algo maior para passar: A Paz! Chega transmitindo a vida nas palavras. Uma vida de intenso significado chega sempre serena e ofertando a paz. Que paz? A paz da consciência tranqüila de quem cumpriu a vontade do Pai, de quem viveu uma proposta de amor até as últimas conseqüências. A paz do coração que investiu na bondade e no amor que ilumina toda a prática. A paz de quem viveu o jeito manso e humilde de coração, desarmando todos os conflitos e tensões. A paz da vida fraterna, este jeito de gerar acolhimento, de compreender Pedro, de amar João, perdoar Madalena, comer com Zaqueu, acordar a filha de Jairo, este modo de considerar demais as pessoas. A paz de quem venceu desafios. A paz dos bem-aventurados, dos que possuem uma íntima, verdadeira, real, eterna união com o Deus que está no coração.

Nenhum comentário: