terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Solidariedade contagiosa


Renasce em toda a parte a solidariedade, este valor que nos lança para fora de nós mesmos. Quem sai de si e busca soluções mergulha nas dificuldades dos outros e diminui a própria dificuldade. O solidário percebe a vida do outro e da outra, uma vida precária, insalubre, sem expectativa, sem graça, sem possibilidades, sem inclusão. O solidário muda sua consciência, sua percepção, aguça a sua sensibilidade e o conceito de dignidade, amplia o senso de pertença comunitária e se mobiliza. Faz das necessidades do outro e da outra a sua causa, encontra o sentido da cooperação, do amor, da coletividade, da comunhão, de partilhar tempo, competência e coração.

Nenhum comentário: