quinta-feira, 26 de junho de 2014

BELOS PENSAMENTOS DAS FONTES FRANCISCANAS - 6


A oração é princípio, meio e fim de todo bem: a oração ilumina a alma, e por ela discerne a alma o bem e o mal. Todo homem pecador deveria fazer esta oração continuamente, cada dia, com fervor de coração; isto é, suplicar a Deus humildemente que lhe dê perfeito conhecimento da sua própria miséria e dos seus pecados e dos benefícios que recebeu, e recebe dele, o bom Deus. Mas o homem que não sabe orar, como poderá conhecer Deus? E todos aqueles que se devem salvar, se são pessoas de verdadeira inteligência, é necessário por fim que se convertam à santa oração.” (Dos Ditos de Frei Egídio)


“'Pai de bondade, queria saber que coisa é a contemplação?’ Então Frei Egídio disse: “Parece-me que o grau da contemplação seja um fogo divino e uma devoção suave do Espírito Santo, e um arrebatamento e suspensão da mente inebriada na contemplação do gosto inefável da doçura divina; e um doce e quieto e suave deleite da alma, que está suspensa e arrebatada com grande admiração de gloriosas coisas supernas celestiais, e um abrasado sentimento intrínseco daquela glória celestial e inenarrável.” (Ditos de Frei Egídio)


“Afastado do Senhor pelo corpo, o homem de Deus, Francisco, procurava fazer seu espírito estar presente no céu. Concidadão do anjos, só estava separado deles pela parede do corpo. Sua alma inteira tinha sede de seu Cristo, e a ele dedicava não só todo seu coração, mas também todo o seu corpo.” (2Celano 61,94)

Continua 

Nenhum comentário: