terça-feira, 2 de outubro de 2012

POR OCASIÃO DA FESTA DE SÃO FRANCISCO - 1


A nossa quase decadente civilização moderna precisa de Francisco. Ele entende de tempos ruinosos e de reconstrução. Ele é homem da busca sincera e das mais radicais mudanças que levam a polir a vida e descobrir novos sentidos. Ele sempre foi pelo caminho da contramão do consenso, isto é, resolveu ser feliz abraçando a Pobreza. Que estranho jeito este de ser feliz sem ter nada? Isto espanta e encanta a modernidade. Ele atraiu muita gente, fundou uma Ordem, trouxe uma cultura de paz, sem as tensões do domínio, da posse e do poder. Ele mostrou para a sociedade de seu tempo que era possível viver bem sem excluir doentes, pobres, camponeses e leprosos. Ele saiu de sua casa definitivamente e criou uma casa do espírito bom e fraterno.

Francisco de Assis é um Santo que tem um diferencial: causou um mal-estar em sua época, um impacto, um escândalo, mas entrou para sempre na simpatia de culturas e religiões. Disse que o Evangelho era mais que palavras. Criou boas relações com a natureza e viveu uma sacralidade com pedras e pássaros. Reinventou a convivência de irmãos e irmãs. Visitou o Papa e instaurou na Cúria um sonho: a eclesiologia não vai ruir enquanto houver mendicantes de sentidos.

Francisco é o fundador de uma Ordem que não coube em si e se fez mais de três. O seu amor plural criou famílias espirituais que têm rosto, Regra, força de profecia e espírito comum. Atraiu Clara de Assis e deu espaço para o feminino ser forte na mística e na contemplação; mas abriu seu coração para deixar que Clara construísse, com seu jeito próprio e no discernimento do Espírito, um franciscanismo pleno de claridade, silêncio, prece e a terna e fraterna clausura a guardar o falante, vivo, pobre e crucificado Cristo de São Damião. E cada ano, a sua Festa, proporciona grandes ocasiões celebrativas e reflexivas.

2 comentários:

Denise Pires disse...

Frei Vitório,

desejo ao senhor, demais Frades e a toda Família Franciscana, uma boa Cerimônia do Trânsito e uma Feliz Festa de São Francisco.

Abraços fraternos.

Denise.

Anônimo disse...

Uma existência tão profunda de encontro com Jesus que aprofundou as raizes cristãs. É lindo como os frades se dedicam na proteção de todos os sinais cristãos com simplicidade e generosidade. Gratidão a estes protetores e guardiões do evangelho. Carinho!
Thereza